quarta-feira, 30 set 2020
Publicidade

Debates

Auxílio: Governo penaliza mais carentes ao liberar parte dos saques só em janeiro de 2021, denuncia Fenae

Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal aponta sucessivos erros de organização e planejamento por parte do Executivo. "Novamente, quem pagará o preço das falhas do governo é o povo, são aqueles que mais precisam”

Ou a universidade se politiza ou desaparecerá, por Maria Carlotto

"Para reagir a essa crise inédita da educação brasileira, preservando e intensificando o processo de abertura que ocorreu no período recente, precisamos de um movimento forte de todo o setor de educação"
Publicidade

Governo Bolsonaro tenta criminalizar a luta ambiental, por Isa Penna

"A perseguição dos generais governistas à APIB tem a mesma explicação que o discurso defensivo de Bolsonaro na ONU: a fuga de investimentos do país por conta da destruição da legislação relacionada à proteção do meio ambiente, bem como das estruturas estatais de fiscalização e punição de infratores"

O Brasil precisa do Mais Bolsa Família, um avanço no combate à miséria e à pobreza, por Enio Verri

Em artigo, líder do PT na Câmara detalha a proposta do Mais Bolsa Família, lançada nesta quinta-feira pelo partido

Só faltou falar do chupa-cabra: Papo de maluco vira política de Estado; por Henrique Rodrigues

É uma sensação de hospício em loop infinito. Cada delírio de Bolsonaro só inflama mais o radicalismo da seita, colocando o Brasil numa posição constrangedora: somos vistos como idiotas que aceitam a liderança de um lunático

Deputados reagem a ações do governo para privatização da Caixa

Nesta quarta-feira (23), Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae) coordena grande ato em defesa da estatal

Sem representatividade negra não há democracia, por Neudes Carvalho

As cotas são mais que necessárias para garantir mais pretos nas eleições. Mas, para além de concorrer aos cargos eletivos, é de extrema importância garantir mais pretos na composição dos diretórios, nas executivas nacionais dos partidos

Diga não à Cristofobia! Por Zé Barbosa

Hoje tirei o dia para relembrar as diversas vezes que fui vítima de Cristofobia, e não foram poucas. E ainda há quem...

Um plano para reconstruir o Brasil, por José Guimarães

Em artigo, deputado José Guimarães detalha o "Plano de Reconstrução e Transformação do Brasil" elaborado pelo PT

Celso Furtado e Mário Henrique Simonsen: dois grandes economistas brasileiros, por Paulo Nogueira Batista Jr

"O ano de 2020 marca o centenário do nascimento de Celso Furtado, e as homenagens a ele têm-se multiplicado. Nada mais justo, foi o maior economista brasileiro do século 20. Quem poderia rivalizar com ele? Talvez Mário Henrique Simonsen. E pode ser interessante fazer o contraste entre os dois"

Protestos em defesa da ciência e do serviço público continuam em SP, por Isa Penna

Infelizmente, o governador se aproveita da atual situação de crise sanitária e econômica como pretexto para extinguir uma série de órgãos e fundações públicas, bem como retirar recursos valiosos da ciência e ameaçar direitos de funcionários públicos sem uma ampla discussão com a sociedade.

Aos improváveis da USP

Dedico esse diploma aos primos mortos na violência resultante da segregação capitalista, que não tiveram direito à literatura, à educação linguística, às artes, à ciência e ao esporte

União nacional contra o descalabro chamado Bolsonaro, por José Guimarães

"A disparada dos preços dos alimentos da cesta básica- em especial o arroz – evidencia ao povo brasileiro que o governo Bolsonaro é refém da cartilha do neoliberalismo e debocha da população"

Sobre o fim da gestão de Pedro Fernandes na SEEDUC

Confira artigo de Pedro Mara e Danilo George Ribeiro: "Fernandes sabe dançar conforme a música, não importa a pasta ou o governo seu lugar está garantido e seu pragmatismo é absoluto"

Violência de gênero é marcada pelo racismo, por Mônica Francisco

"Dados do Dossiê Mulher revelam o que nós sentimos na pele"

A incrível história dos patriotas que queriam um revólver e ficaram sem o arroz

Os grupos que encamparam a cruzada sebastianista por um novo Brasil íntegro e heroico, de cidadãos de bem extasiados com seu líder sábio, desde já têm um dilema: como garantir as armas e munições tão desejadas antes que cheguemos ao ponto de revirar o lixo procurando o almoço?

R$ 600 já é R$ 480, por Frei Sérgio Antônio Görgen

"Aplicando a regra simples da porcentagem, o poder de compra dos R$ 600,00 no início da pandemia, perde R$ 120,00 e hoje é de só R$ 480,00. E os R$ 300,00, que o governo quer de hora em diante, já começa valendo míseros R$ 240,00."