Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
15 de outubro de 2018, 08h45

Confundida com travesti, empresária é agredida em Manaus: “escória da humanidade”

"Não sei se dói mais no meu físico do que no meu psicológico por ter amigos gays, que passam por isso sempre", diz a empresária Sandy Salum.

Reprodução/Youtube

Confundida com travesti na saída de uma festa em Manaus (AM), na quinta-feira (11), a empresária Sandy Morais Salum, qua ajudava uma amiga de salto alto a sair do local, foi chamada de “escória da humanidade”. Em vídeo na sua página no Facebook, ela conta que foi tirar satisfações com o homem e foi violentamente agredida.

“Esse indivíduo passou e puxou o cabelo de minha amiga. Ela disse ‘ai, me deixa’. Eu disse, ‘ei, deixa ela’. Só que, pelo fato de eu ter a voz grossa, ele já falou ‘o que que é, sua travesti? sua escória da humanidade, puta’. Ele veio pra cima e me empurrou. Saiu correndo e entrou no taxi. Eu fui atrás dele, entrei no taxi e falei ‘agora tu me chama de travesti de novo. Você vai aprender a me respeitar”, disse ela.

A cena final foi gravada por uma pessoa que dizia se tratar de briga de “marido e mulher”. O vídeo com a agressão está circulando nas redes sociais. “Não sei se dói mais no meu físico do que no meu psicológico por ter amigos gays, que passam por isso sempre”, diz Sandy.

Nesta segunda-feira (15), a empresária voltou ao Facebook para agradecer o apoio que vem recebendo. ”

“O mundo tá de cabeça pra baixo! Não me vitimizei, não me considero minoria por ser negra, mulher, por ser mãe solteira. Por ter sofrido preconceitos, violência doméstica e até abusos. Eu luto todo dia! Por que não é esse mundo que quero para meus filhos! A ferida da alma também vai curar. Não será o desamor que apagará o que tenho de bom pra dar!”, declarou.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum