Fórumcast #19
03 de janeiro de 2019, 16h49

De camisa rosa, Haddad ironiza fala de Damares Alves: “Foi mal!”

Ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos anunciou hoje uma "nova era" em que "meninos vestem azul e meninas vestem rosa"; internautas, desde então, têm postado fotos irônicas de homens vestindo rosa e mulheres vestindo azul, como fez o ex-prefeito Fernando Haddad. Confira a repercussão

Reprodução/Facebook

O ex-prefeito Fernando Haddad (PT), que concorreu à presidência no segundo turno contra o presidente eleito, Jair Bolsonaro, ironizou na tarde desta quinta-feira (3) uma fala feita mais cedo pela ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves.

A pastora evangélica, em seu discurso de posse, anunciou o que chamou de uma “nova era”: “meninos vestem azul e meninas vestem rosa”, disse, entusiasmada.

Haddad, então, rebateu com uma foto que postou em suas redes sociais usando uma camisa rosa. “Relendo o maior educador brasileiro com a camisa da cor errada. Foi mal!”, escreveu o ex-prefeito, que estava lendo o livro “Educação para a Democracia”, de Anísio Teixeira. 

A escolha do livro pro Haddad também foi uma forma de ironia, já que em seu discurso a ministra reforçou suas intenções de acabar com o que chama de “doutrinação ideológica” nas Educação.

Reações

Haddad não foi o único que postou uma foto vestindo uma camisa da cor “errada” para o seu gênero. Centenas de internautas fizeram o mesmo e o temo “cor não tem gênero” é um dos mais populares do Twitter na tarde desta quinta-feira (3).

Veja também:  Anitta dá carteirada em atendente de aeroporto

Confira parte da repercussão.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum