Fórumcast, o podcast da Fórum
27 de setembro de 2019, 18h07

Greta, ativista ambiental de 16 anos, é criticada pelo homem mais rico da Europa

Dono da marca de artigos de luxo Louis Vuitton, disse que "as falas de Greta são muito pessimistas e que não é uma boa influência para outros jovens"

Foto: Rprodução/ Instagram

Depois de ser atacada por Eduardo Bolsonaro, Rodrigo Constantino e por uma radialista do Rio Grande do Norte, foi a vez de Bernard Arnault, considerado o homem mais rico da Europa, fazer ataques contra a ativista Greta Thumberg, de apenas de 16 anos. A jovem tem se destacado por discursos poderosos contra o aquecimento global e a destruição do planeta.

Arnault, que é dono da marca de artigos de luxo Louis Vuitton, disse que “as falas de Greta são muito pessimistas e que não é uma boa influência para outros jovens. Ela é uma jovem dinâmica, mas está se rendendo completamente ao catastrofismo. Acho que suas opiniões são desmoralizadoras para os jovens”.

Em seu discurso durante a Conferência do Clima na ONU, Greta denunciou que Alemanha, França, Brasil, Argentina e Turquia estão violando os direitos humanos dos jovens por ão adotarem medidas adequadas contra as mudanças climáticas. “Você vem até nós, os jovens, em busca de esperança. Como ousam?”, falou a ativista.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum