Fórum Educação
09 de fevereiro de 2020, 15h58

Referendo na Suíça termina com aprovação de lei contra a homofobia

Projeto teve 62% de apoio nas urnas. Legislação do país só punia com mais severidade os casos de discriminação por ódio racial ou religioso, e agora também terá artigo específico sobre homofobia.

310 LGBT foram vítimas da homofobia em 2013, segundo relatório do GGB

Neste domingo (9), a Suiça realizou um referendo para aprovar a nova Lei Contra a Homofobia, e o resultado foi categórico: 62% dos eleitores se mostraram a favor da proposta.

A mudança na legislação aumentará de forma considerável as penas para atos de discriminação por orientação sexual. A Suíça já possui uma Lei Anti Discriminação para casos em geral, mas também tem outras duas mais específicas – uma sobre discriminação racial e outra sobre discriminação religiosa –, que especificam melhor as situações e impõem penas mais severas quando elas acontecem. É o que acontecerá agora, em casos de discriminação homofóbica.

Segundo o texto da nova lei, a discriminação de qualquer pessoa por sua orientação sexual, o um ato visando despertar o ódio contra ela, serão punidos de forma mais rigorosa, podendo pegar até 3 anos de prisão.

Por exemplo, restaurantes, hotéis, empresas de transporte e salas de cinemas não poderão recusar o acesso de alguém com base em suas preferências sexuais.

Para o parlamentar socialista Mathias Reynard, autor do projeto, “este é um dia histórico e um sinal magnífico para todos os envolvidos”. Por sua parte, o líder da campanha contrária à nova lei, o deputado Marc Frueh (líder do partido UDF, que defende valores cristãos), aceitou calmamente a derrota, e disse que sua campanha cumpriu seu propósito: “permitimos ao povo suíço tomar uma decisão”.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum