Fórum Educação
30 de março de 2020, 11h50

Alberto Fernandez diz a empresários que será “duro” com quem despede: “Chegou a hora de vocês ganharem menos”

Presidente da Argentina também enfatizou que "não se trata de perder dinheiro, porque vocês não vão perder dinheiro"

Alberto Fernández (foto: Agência Télam)

O discurso de Alberto Fernández neste domingo (29), que provocou aplausos dos argentinos nas varandas de suas causas, foi destacado por vários pontos. Além da prorrogação da quarentena por mais duas semanas, outro ponto que foi bastante importante foi seu anúncio de que o governo argentino prepara medidas para impor sanções às empresas que estão demitindo funcionários por causa da quarentena.

A proposta surge a partir do que aconteceu na empreiteira Techint, que demitiu 1,5 mil trabalhadores na semana passada, alegando que eles deveriam ter ido trabalhar.

“Vou a ser duro e inflexível com os empresários que aproveitem esta situação de exceção que o país e o mundo inteiro estão vivendo para mandar empresários embora”, assegurou o presidente argentino, que também recordou, “assim como nosso governo também foi duro com aqueles que especularam e aumentaram preços de produtos que a população está precisando. Não podemos dar espaço para os que pensam em se aproveitar de uma crise como esta”.

Fernández também citou o Papa Francisco, ao dizer que “diante de uma crise como a que o mundo está vivendo, não podemos desamparar as pessoas, deixando-as sem trabalho, temos que ter a consciência do que estamos enfrentando”.

Finalmente, o presidente da Argentina disse aos empresários, diretamente, que “o que se trata aqui é de ganhar menos, não de perder dinheiro, porque vocês não vão perder dinheiro. Então, muchachos, chegou a hora de ganhar menos”.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum