Biden chama invasores do Congresso dos EUA de “terroristas domésticos”

Presidente eleito culpou Donald Trump pelos distúrbios, por ter incitado o ataque: “deixou claro seu desprezo pela nossa democracia”

O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, declarou nesta quinta-feira (7) que os partidários de Donald Trump, que invadiram o Congresso do país nesta quarta, “não eram manifestantes”, e sim “terroristas domésticos”.

“Eles não eram manifestantes, não se atrevam a chamá-los de manifestantes. Eles eram uma multidão violenta, insurgente, de terroristas domésticos”, afirmou o líder do Partido Democrata, durante evento na cidade de Wilmington, em Delaware.

Biden também se referiu ao presidente Donald Trump, adversário que derrotou nas eleições presidenciais de 2020, e quem, segundo ele, foi o responsável pelos distúrbios ocorridos no Congresso.

“Temos um presidente que deixou claro seu desprezo por nossa democracia, pela nossa Constituição e pelo estado de direito. Ele mostrou isso não só ontem, mas durante quatro anos, em tudo o que fez”, acrescentou o próximo inquilino da Casa Branca.

Avatar de Victor Farinelli

Victor Farinelli

Jornalista formado pela Universidade Católica de Santos, há 15 anos é correspondente na Argentina (2004 e 2005) e no Chile (desde 2006).

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR