O que o brasileiro pensa?
25 de maio de 2020, 20h30

China ameaça Austrália com represálias caso apoie os EUA em “nova Guerra Fria”

O alerta foi publicado em editorial do Global Times, um dos jornais ligados ao Estado chinês. “A Austrália precisa reconsiderar suas relações estratégicas com os Estados Unidos, se não quiser ser vítima do confronto”, afirma o texto

Scott Morrison e Xi Jinping (foto: Xinhua)

Em meio às tensões entre China e Estados Unidos, que aumentam a cada dia, o governo do país asiático lançou uma advertência à Austrália, dizendo que, um possível apoio do país aos norte-americanos seria “extremamente perigoso e um golpe fatal para relações bilaterais” entre Pequim e Canberra.

O alerta foi publicado em editorial do Global Times, um dos jornais ligados ao Estado chinês, que comentou, no mesmo texto, que os Estados Unidos e seu presidente, Donald Trump, empurram o mundo para uma “nova Guerra Fria”, e que isso forçará Pequim a “tomar medidas de retaliação contra Washington e seus aliados”.

“A Austrália precisa reconsiderar suas relações estratégicas com os Estados Unidos, que não hesita em incluir empresas chinesas em sua lista de sanções. Se a Scott Morrison (primeiro-ministro da Austrália) não quiser ser vítima do confronto (entre os Estados Unidos e a China), deve refletir se deseja continuar caminhando nessa direção”, afirma o texto.

Na semana passada, o Departamento de Comércio dos Estados Unidos incluiu 33 entidades chinesas em sua lista de sanções, acusando-as de serem cúmplices de violações aos direitos humanos e de colaborar com a estratégia militar chinesa. Dias depois, o ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi, declarou que Washington está levando as disputas entre os dois países a um patamar que considera perigoso, “no limite de uma nova Guerra Fria”.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum