Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
30 de janeiro de 2020, 12h10

Coronavírus levanta debate sobre racismo contra asiáticos

Chineses que vivem na França estão usando a hashtag #JeNeSuisPasUnVirus (eu não sou um vírus) para combater a discriminação

Foto: Agência Brasil

Com a proliferação de casos de coronavírus ao redor do mundo, sendo o epicentro da doença a cidade de Wuhan, na China, chineses que moram em outros países têm denunciado casos de xenofobia e racismo nas redes sociais. Dezenas de internautas que vivem na França estão usando a hashtag #JeNeSuisPasUnVirus (eu não sou um vírus, em francês) para combater a discriminação.

Em outro caso de xenofobia no país europeu, um jornal foi criticado por sua manchete “Alerta Amarelo”, em referência ao termo racista “Perigo Amarelo”, usado para discriminar asiáticos. A França registrou nesta quarta-feira (29) o quarto caso de contaminação pelo novo vírus.

Um vídeo que circula nas redes sociais ilustra um pouco do que chineses têm vivido na França. As imagens mostram três pessoas no vagão de um trem cobrindo o rosto com roupas por conta da presença de uma jovem chinesa no mesmo espaço.
O sentimento de que tal comportamento é racista também é compartilhado pelo estudante francês de origem chinesa, Son Lam. “As pessoas dizem: ‘Eu peguei um vírus porque eu fiquei ao lado de um chinês no metrô’. Quando a gente passa, eles tampam o nariz. Depois que o vírus se propagou no mundo, os piores clichês sobre os asiáticos, como aqueles sobre condições de higiene ou sobre comidas exóticas, voltaram aqui na França”, contou Son, em entrevista à RFI.
Outra queixa que veio à tona é o aumento de comentários preconceituosos sobre o comércio e consumo de carnes consideradas “exóticas” pelo Ocidente na China. Logo nos primeiros casos do vírus, autoridades chinesas disseram que a doença surgiu de um mercado que vendia animais silvestres comercializados ilegalmente.
“Pare de comer morcegos”, disse um usuário do Twitter na Tailândia, o principal destino dos turistas chineses. “Não surpreende que os chineses estejam causando novas doenças”, postou outro usuário tailandês.
Confira:


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum