Donald Trump concede “perdão total” e livra Steve Bannon de denúncias antes de deixar a Casa Branca

"Bannon tem sido um importante líder do movimento conservador e é conhecido por sua perspicácia política", diz a justificativa de Trump, que alega que Bannon está sendo "perseguido" por promotores

Preso em agosto de 2020, acusado de desviar dinheiro de uma campanha de apoio à construção do muro na fronteira com o México, Steve Bannon recebeu indulto de Donald Trump, que divulgou sua última lista de “perdão”, com 73 pessoas, na madrugada desta quarta-feira (20), horas antes de deixar a Casa Branca.

“O presidente Trump concedeu perdão total a Stephen Bannon. Os promotores perseguiram Bannon com acusações relacionadas a fraude decorrente de seu envolvimento em um projeto político. Bannon tem sido um importante líder do movimento conservador e é conhecido por sua perspicácia política”, diz o texto publicado no site da Casa Branca (veja lista completa abaixo).

Além de Bannon – que foi libertado ao pagar fiança de US$ 5 milhões -, Trump ainda deu seu perdão a Elliot Broidy, um doador da campanha do republicano que confessou ter conspirado para violar leis estrangeiras sobre lobby político.

Na lista divulgada nesta madrugada ainda constam os nomes dos rappers Lil Wayne, que se declarou culpado da acusação de porte ilegal de arma e poderia ser condenado a até dez anos de cadeia; e Kodak Black, condenado em novembro de 2019 a quase quatro anos de cadeia por falsificar documentos para obter uma arma de fogo.

Condenado a 28 anos de cadeia por corrupção, o ex-prefeito de Detroit, Kwame Kilpatrick também recebeu indulto de Trump, que deixa o governo para a posse do democrata Joe Biden.

Veja a lista completa das pessoas que receberam o indulto de Donald Trump.

Notícias relacionadas

Avatar de Plinio Teodoro

Plinio Teodoro

Jornalista, editor de Política da Fórum, especialista em comunicação e relações humanas.

Em 2021, escolha a Fórum.

Fazer jornalismo comprometido com os direitos humanos e uma perspectiva de justiça social exige apoio dos leitores. Porque se depender do mercado e da publicidade oficial de governos liberais esses projetos serão eliminados. Eles têm lado e sabem muito bem quem devem apoiar.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR