#Fórumcast, o podcast da Fórum
17 de abril de 2019, 09h39

Extrema-direita usa incêndio em Notre Dame para disparar fake news e criar onda de ódio contra islâmicos

Enquanto a catedral de Notre Dame ardia em chamas, influenciadores digitais da extrema-direita europeia inflamavam discursos de ódio buscando culpar muçulmanos por atearem fogo na igreja

Incêndio na catedral de Notre Dame, em Paris (Reprodução/MSNBC)

Reportagem de Talita Levin, no Washington Post nesta terça-feira (16), informa que, enquanto a catedral de Notre Dame ardia em chamas, na última segunda-feira (15), influenciadores digitais da extrema-direita europeia inflamavam discursos de ódio buscando culpar muçulmanos por atearem fogo na igreja, símbolo do cristianismo na França.

Segundo a reportagem, o Infowars, um blog conspiratório comandado por Alex Jones, se apressou a difundir rumores não verificados dizendo que o incêndio foi “ateado propositalmente” e vinculando-o a “ataques anticristãos”.

A provocadora racista britânica Katie Hopkins foi muito mais explícita, dizendo que “parisienses judeus e cristãos” estavam sendo “expulsos da cidade por islâmicos e estão fugindo aos milhares”, fixando a hashtag #NotreDame às suas palavras.

Pouco depois, o analista de extrema-direita Ben Shapiro descreveu Notre-Dame como “monumento à civilização ocidental” e do “legado judaico-cristão”.

Uma “conta de paródia” fazendo-se passar pela Fox News forjou um tuite da deputada democrata Ilhan Omar, do Minnesota, dizendo “Eles colhem o que semeiam #NotreDame”.

Sob ataque implacável da direita –incluindo o presidente -, a deputada virou uma espécie de símbolo para as pessoas ativas nas redes sociais e que já estavam predispostas a enxergar o incêndio como uma conspiração muçulmana.

Para a jornalista, já é mais que hora de aqueles que alimentam discursos inflamatórios, cientes de seu potencial para catalisar violência racista, ser obrigados a parar de brincar com fogo –antes que seja tarde demais para controlar o holocausto.

Leia a reportagem na íntegra (em inglês)


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum