Feliciano diz que fundo de Soros contra ditadores é “conspiração globalista”

O bilionário divulgou que vai investir US$ 1 bilhão na criação de uma rede acadêmica para lutar contra os "ditadores de agora e em gestação" e as mudanças climáticas

O deputado federal Marco Feliciano (Sem Partido – SP), usou as redes sociais, na tarde desta sexta-feira (24), para dizer que o empresário George Soros promove uma “conspiração globalista” por meio do fundo criado pelo bilionário com o objetivo de combater regimes ditatoriais.

A medida foi anunciada por Soros na noite de quinta-feira e pretende ser uma “rede acadêmica”.

Foto: Reprodução

“E depois dizem que não existe uma conspiração globalista!”, publicou o parlamentar, que é vice-líder do governo no Congresso, ao compartilhar reportagem da Folha de S. Paulo que aborda a nova empreitada de Soros.

Ditadores de agora e em gestação

O bilionário divulgou que vai investir US$ 1 bilhão (cerca de R$ 4,2 bilhões) na criação de uma rede acadêmica para lutar contra os “ditadores de agora e em gestação” e as mudanças climáticas.

A iniciativa, batizada de Open Society University Network, foi divulgada num discurso em seu tradicional jantar anual durante o Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça.

O objetivo do projeto, de acordo com a nota, é conectar instituições de ensino superior pelo mundo, oferecendo cursos e programas de graduação conjuntos pensados para reunir estudantes e professores de diferentes países.

Com informações da Folha/AFP

Publicidade
Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR