Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
10 de novembro de 2019, 21h37

“Grande dia”: Bolsonaro comemora golpe na Bolívia

O presidente Jair Bolsonaro se contradisse em suas declarações e terminou a noite com uma comemoração no Twitter

Reprodução/Twitter

A posição do presidente Jair Bolsonaro sobre o golpe na Bolívia contra o presidente Evo Morales mudou de acordo com a repercussão nas redes. Depois de exaltar o voto em papel para dizer que havia fraude no país – que adota o voto em papel -, Bolsonaro disse que não comemoraria e, por fim, celebrou a queda de Morales.

“Denúncias de fraudes nas eleições culminaram na renúncia do Presidente Evo Morales. A lição que fica para nós é a necessidade, em nome da democracia e transparência, contagem de votos que possam ser auditados. O VOTO IMPRESSO é sinal de clareza para o Brasil!”, publicou Bolsonaro por volta das 19h.

Em seguida, o presidente falou ao  O Globo e declarou que “não é bom acontecer esse tipo de movimento”. “Eu sei que lá foi contra a esquerda, mas a gente não quer nem contra a esquerda nem contra a direita. A gente quer que, acabou, tem dúvida, vai lá e conta, abre a urna lá, o voto impresso e conta. Só vou dar uma observação sobre o que levou à renúncia do Evo Morales: um sinal que nós aqui no Brasil precisamos de um sistema de votação seguro. Esse que está aí não serve. Esse que está aí leva a esse tipo de problema”, afirmou.

Mais tarde, após diversos apoiadores celebrarem o golpe contra ex-líder sindical boliviano, Bolsonaro comemorou. “GRANDE DIA 🇧🇷👍🏼!”, postou.

Argentina

Enquanto o Brasil nega a tese do golpe, o presidente eleito da Argentina, Alberto Fernández, condenou o rompimento institucional e defendeu que sejam realizadas eleições livres o mais rápido possível. “Na Bolívia, um golpe de estado foi consumado como resultado das ações conjuntas de civis violentos, pessoal policial aquartelado e passividade do exército. É um golpe perpetrado contra o presidente Evo Morales, que pedia um novo processo eleitoral”, declarou Fernández.

 

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum