O que o brasileiro pensa?
11 de novembro de 2019, 14h39

Manifestantes chilenos invadem antiga sede do Legislativo para exigir assembleia constituinte

Centenas de pessoas ocuparam a entrada do antigo edifício do Congresso Nacional, em Santiago, para criticar a reforma constitucional de Piñera e defender que o processo para uma nova constituição seja com ampla participação da cidadania

Reprodução

Na manhã desta segunda-feira (11), um grupo de entre 200 e 300 manifestantes chilenos invadiram a antiga sede do Congresso Nacional do Chile, no Centro de Santiago, para exigir que a saída para a crise do país seja através de uma assembleia constituinte.

Os manifestantes ocuparam somente o pátio de entrada do local, que funciona como centro de conferências e reuniões políticas, desde que a sede legislativa foi transferida para a cidade de Valparaíso. O principal grito de guerra do dia foi “se necessita, urgentemente, uma assembleia constituinte”.

O ato expressou também a rejeição do movimento social à proposta apresentada na noite deste domingo (10) pelo presidente Sebastián Piñera, de realizar um “Congresso constituinte”, definição que deu a entender, para muitos dos seus críticos, que seria uma reforma constitucional realizada pelos atuais parlamentares, sem maior participação popular durante o processo.

O Chile nunca teve uma assembleia constituinte em sua história, e uma das principais exigências dos protestos que o país vem vivendo desde meados de outubro é a elaboração de uma nova Constituição, para substituir a imposta pelo ditador Augusto Pinochet em 1980, que é vigente até hoje.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum