Fórum Educação
10 de março de 2020, 13h09

MP peruano pede pena de 12 anos a filho de Fujimori, por negociar votos no Congresso

Segundo a promotora Bersabeth Revilla Corrales, Kenji Fujimori, seu assessor Alexei Toledo e outros dois correligionários participavam de esquema de negociação de votos

O ex-ditador peruano Alberto Fujimori, e seus filhos Keiko e Kenji, todos com problemas na Justiça (foto: Twitter)

A Procuradoria Geral do Peru informou nesta segunda-feira (9) que solicitará à Justiça uma pena de 12 anos de prisão para o ex-congressista Kenji Fujimori, filho do ex-ditador Alberto Fujimori (1990-2000).

Kenji é acusado de negociar votos no Congresso dentro da sua aliança partidária, a ultraconservadora Força Popular. O caso que desencadeou a acusação surgiu em 2018, quando Kenji negociou votos para evitar um processo de impeachment contra o então presidente Pedro Pablo Kuczynski – que acabou renunciando ao cargo, após a revelação do esquema por parte da imprensa.

A promotora Bersabeth Revilla Corrales, responsável pelas investigações, afirma que Kenji liderava o esquema de negociação de votos, no qual também participavam seu assessor Alexei Toledo e os também ex-congressistas aliados Guillermo Bocángel e Bienvenido Ramírez. Os quatro réus são acusados de coação e tráfico de influências agravado.

Vale destacar que os três parlamentares foram destituídos de seus cargos devido ao escândalo, e não possuem mais foro privilegiado.

A irmã de Kenji, Keiko Fujimori, que foi duas vezes candidata presidencial (em 2011 e 2016), foi condenada e presa em 2018, por participar do mesmo esquema. Atualmente, se encontra livre, graças a um habeas corpus que sua defesa conseguiu, em dezembro de 2019.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum