Entrevista exclusiva com Lula
11 de novembro de 2019, 16h45

“O golpe na Bolívia mostra a cooptação ideológica das polícias militares pelas igrejas cristãs fundamentalistas”, diz Jean Wyllys

O ex-deputado comentou no Twitter: “A cooptação ideológica de parte do braço armado do Estado põe em risco a diversidade político, sexual e de gênero, étnica e religiosa"

Foto: Reprodução

O professor e ex-deputado federal pelo PSOL, Jean Wyllys, usou o Twitter para comentar o golpe na Bolívia, que levou à renúncia do legítimo presidente Evo Morales. Para ele, o que aconteceu mostra “a cooptação ideológica das polícias militares pelas igrejas cristãs fundamentalistas”.

“A cooptação ideológica de parte do braço armado do Estado põe em risco a diversidade político, sexual e de gênero, étnica e religiosa. E deixa o risco medonho de massacres e genocídios, como já aconteceu em outros países do Sul Global, como os África”, postou Wylly.

“As igrejas cristãs fundamentalistas (que demonizam as tradições indígenas e de matrizes africanas, que odeiam LGBTs e são machistas) na América Latina são financiadas e orientadas politicamente pela extrema direita cristã americana”, prosseguiu.

“O golpe na Bolívia mostra a cooptação ideológica das polícias militares pelas igrejas cristãs fundamentalistas. O que resulta em milícias cristãs fundamentalistas racistas que têm sido a grande ameaça à democracia na América Latina”, acrescentou.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum