quarta-feira, 23 set 2020
Publicidade

Paulo Coelho denuncia massacre na Bolívia sob “silêncio da principal mídia internacional”

O escritor Paulo Coelho publicou um tuíte em espanhol, na noite deste sábado (16), para denunciar o massacre que ocorre na Bolívia desde a última sexta-feira.

De acordo com ele, a Bolívia é um “grande país, ótimas pessoas, uma cultura incrível, agora na mira dos rifles de uma elite sem escrúpulos e sem vergonha”.

O escritor acrescentou ainda o que, para ele, é pior: “o silêncio da principal mídia internacional”.

“Bolivia: gran país, gran pueblo, una cultura increíble, ahora ahora en la mira de los rifles de una élite inescrupulosa e desvergonzada Y lo que es peor: el silencio de los principales medios internacionales”

ONU denuncia uso excessivo de força

A alta comissária da ONU para Direitos Humanos, Michelle Bachelet, denunciou neste sábado a repressão e o uso excessivo da força policial na Bolívia. A Organização ainda reconhece pelo menos 17 mortes decorrentes dos protestos, sendo 14 apenas nos últimos seis dias, período que sucedeu o golpe contra Evo Morales no último domingo (10).

“Temos informações de que pelo menos 17 pessoas morreram no contexto dos protestos, incluindo 14 nos últimos seis dias”, disse Bachelet, também alertando que a situação no país pode “sair do controle”.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.