Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
17 de novembro de 2019, 11h01

Plantadores de coca da Bolívia dão 24 horas para que Jeanine Áñez deixe a presidência

Os plantadores de coca do Trópico de Cochabamba estão em vigília pelas nove pessoas assassinadas na última sexta-feira

Velórios das pessoas assassinadas. Foto: Redes Sociais

Os plantadores de coca do Trópico de Cochabamba, em Huayllani, em Sacaba, em vigília pelas nove pessoas que morreram na última sexta-feira (15) em confrontos com policiais e militares, deram 48 horas para que a presidente em exercício da Bolívia, Jeanine Áñez, deixe o poder.

Os cocaleros pegaram os corpos das pessoas assassinadas no Instituto de Investigações Forenses (IDIF) e os levaram a Sacaba.

Os atestados de óbito revelam que a causa da morte é por projéteis de armas de fogo.

No local, um representante das Seis Federações Tropicais leu as seguintes resoluções:

  1. Dê a Jeanine Áñez, presidente de transição da Bolívia, 48 horas para apresentar sua demissão, pois consideram seu mandato inconstitucional.
  2. A retirada imediata das Forças Armadas para evitar novas mortes.
  3. Libertação de detidos e rejeição de perseguição e intimidação dos mobilizados.
  4. Aprovação de uma lei curta, transitória e imediata na Assembleia Legislativa Plurinacional (ALP) para garantir que eleições gerais ocorram em 90 dias.
  5. Denunciar e repudiar “o massacre ditatorial e a violação dos direitos humanos”.
  6. Respeito pela wiphala como um símbolo nacional que representa os 36 milenares povos indígenas da Bolívia.
  7. Eles pedem ao povo boliviano que mantenha a unidade e continue a luta e o bloqueio nacional por tempo indeterminado no país.
  8. Eles pedem às autoridades e à comunidade internacional que intervenham na investigação para punir os autores intelectuais e materiais do “massacre” na área de Huayllani, em Sacaba.
  9. Peça respeito pelas mulheres em Pollera.

Com informações do Opinión


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum