O que o brasileiro pensa?
15 de junho de 2020, 19h15

Polícia dos EUA encontra corpo de ativista do Black Lives Matter que estava desaparecida há 9 dias

Oluwatoyin Salau, líder do movimento no estado da Flórida, foi vista pela última vez em 6 de junho, quando tuitou contando que havia recebido uma carona para ir a uma igreja

Oluwatoyin Salau (foto: Instagram)

A ativista estadunidense Oluwatoyin Salau, que estava desaparecida há 9 dias, teve seu corpo encontrado nesta segunda-feira (15), na cidade de Tallahassee, capital do estado da Flórida, nos Estados Unidos.

Salau era uma das representantes do movimento “Black Lives Matter” (“Vidas Negra Importam”) no seu estado, e havia sido vista pela última vez no dia 6 de junho.

A última manifestação de Salau antes do seu desaparecimento foi em uma série de tuítes, no qual ela contou que um homem negro dirigindo uma caminhonete branca, modelo Chevrolet Silverado, a parou na rua e ofereceu carona até uma igreja próxima, onde ela havia deixado vários de seus pertences.

Em seguida, ela explicou que passou uns dias na igreja para “escapar de condições de moradia injustas”. Também confessou que sofria de estresse pós-traumático, devido a um caso de assédio sexual, sofrido anos antes.

Seu corpo foi encontrado junto com o de uma senhora de 75 anos. A polícia também informou sobre a prisão de um dos suspeitos do crime: Aaron Glee Jr, de 49 anos, que seria o motorista do veículo citado em seus tuítes.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum