Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
06 de junho de 2019, 16h27

Praça de Maio já reúne manifestantes para protestos contra visita de Bolsonaro à Argentina

O local é um tradicional reduto de manifestações em Buenos Aires e promete receber muita gente nesta quinta (6), em convocação de movimentos sociais

Foto: Reprodução

A Praça de Maio, tradicional palco de manifestações em Buenos Aires, Argentina, começa a receber várias pessoas para os protestos marcados por movimentos sociais para as 18 horas desta quinta-feira (6), contra a visita de Jair Bolsonaro.

O atual presidente brasileiro é visto na Argentina como homofóbico, misógino e defensor de torturadores. Para piorar sua imagem, ele concedeu entrevista ao jornal La Nación, se intrometendo na política local, criticando a oposição e defendendo o presidente Mauricio Macri.

Bolsonaro fez ataques diretos a Cristina Kirchner, associando seu governo à Venezuela, Cuba e corrupção e, inclusive, apesar da crise argentina, pedindo paciência com Macri.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum