Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
11 de janeiro de 2020, 15h33

“Se falo caem todos os processos contra Cristina”, diz operador macrista preso por extorsão

Advogado com vínculos com políticos e promotores macristas, Marcelo D'Alessio pediu para não falar em delação premiada

Marcelo D'Alessio (Reprodução)

Preso desde fevereiro por extorsão e espionagem ilegal, Marcelo D’Alessio, advogado com vínculos com políticos e promotores macristas, pediu para não falar em delação premiada e confessou que, se falasse, derrubaria “os quatro processos emblemáticos contra o kirchnerismo, mais as causas que o ex-presidente tem”.

Pronunciamento de D’Alessio foi feito ao programa “Secreto de Sumario”, da Rádio 10 de Buenos Aires, em entrevista com a jornalista Romina Calderaro, neste sábado (11).

A investigação contra o operador veio à tona após uma denúncia do empresário Pedro Etchebest envolvendo o procurador Carlos Stornelli e Marcelo D’Alessio, que na época era um de seus colaboradores. Etchebest acusou os dois de exigir um pagamento em dinheiro para que fosse inocentado na investigação do “Caso dos Cadernos”, onde a atual vice-presidenta Cristina Kirchner está envolvida.

O caso tem como base fotocópias das páginas de cadernos onde Óscar Centeno, um ex-militar e ex-motorista de Néstor Kirchner, anotava os valores de supostas propinas que a família presidencial cobrava dos empresários de diferentes ramos, mas sobretudo da construção civil.

Desde que se iniciou o processo, diversas testemunhas acusaram os promotores de pressionar os empresários para que envolvessem os Kirchner em suas declarações, ou seriam castigados nas sentenças.

 

 

 

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum