Fórum Educação
22 de Maio de 2020, 15h35

Vídeo: avião com 99 pessoas cai no Paquistão, em um bairro residencial perto de aeroporto

Há pelo menos dois sobreviventes, e se estima que as vítimas poderiam ser mais de 200, incluindo moradores de Karachi. Acidente lembra a queda do Fokker 100 da TAM, no bairro do Jabaquara, em São Paulo, em outubro de 1996

Bairro residencial de Karachi, no Paquistão, onde ocorreu a tragédia (foto: Twitter)

Um avião da empresa Pakistan International Airlines sofreu um trágico acidente nesta sexta-feira (22), ao cair em um bairro residencial perto do aeroporto de Karachi, cidade mais populosa do Paquistão. A aeronave levava 91 passageiros e 8 tripulantes, segundo autoridades da aviação civil do país asiático.

Segundo imagens que estão sendo difundidas nas redes, a tragédia causou danos em dezenas de casas do local. Ainda não há um número exato, mas as autoridades paquistanesas estimam que, além das vítimas que estavam no avião, há pelo menos 100 pessoas que poderiam estar debaixo dos escombros.

No entanto, também já foram identificados ao menos dois passageiros do voo sobreviveram e foram resgatados em meio aos escombros. Um deles é o banqueiro Zafar Masud, presidente e diretor administrativo do Banco de Punjab. Ou outro sobrevivente se chama Muhammad Zubair.

A aeronave era um Airbus A320, que decolou nesta mesma sexta-feira, com destino a Islamabad, capital do país. Ainda não foi divulgada uma versão oficial sobre a causa do acidente, nem por parte da empresa nem por parte das autoridades paquistanesas.

Apesar da falta de informações mais detalhadas sobre o ocorrido, o que se sabe até agora lembra muito o acidente ocorrido em São Paulo, em outubro de 1996, com a queda de um avião Fokker 100, da empresa TAM, pouco depois da decolagem, no aeroporto de Congonhas, que caiu sobre o bairro residencial do Jabaquara, matando 96 passageiros e tripulantes, além de 3 moradores locais.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum