Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
31 de Maio de 2019, 15h33

Youtuber que humilhou mendigo em Barcelona é proibido de usar rede social por cinco anos

Kenghua ridicularizou um morador de rua que vive no centro da capital catalã, oferecendo a ele um biscoito recheado com pasta de dente

Foto: Reprodução

A Justiça de Barcelona tomou uma curiosa decisão esta semana: condenou o youtuber Kenghua R, criador do canal ReSet, a uma pena de cinco anos sem poder utilizar a sua conta no YouTube.

O motivo da sentença foi um vídeo subido pelo ReSet no qual Kenghua ridiculariza um morador de rua que vive no centro da capital catalã, oferecendo a ele um biscoito recheado com pasta de dente. A juíza encarregada de analisar o caso considerou que a ação configurou um “ato claramente imoral e produziu um conteúdo vexatório para a vítima”, e afirmou que a ingestão de pasta de dente “causou dores físicas” ao morador de rua. Por sua parte, o youtuber justificou sua atitude dizendo que estava apenas realizando um desafio feito por seguidores do seu canal, e que “foi apenas uma brincadeira”.

O texto da decisão judicial fala em “proibição de acesso à cena do crime”, e aponta que esta seria a plataforma virtual, razão pela qual o condenado não poderá voltar ao Youtube ao menos até 2024. Também ordenou que o canal ReSet seja apagado da rede de computadores ao menos durante o período dessa restrição.

Além da proibição de acesso ao YouTube, Kenghua também recebeu pena de prisão de 15 meses, por delito contra a integridade moral – mas poderá cumprir esta parte em liberdade, por não possuir antecedentes -, e uma indenização de 20 mil euros, pelos danos morais causados à vítima.

Com informações do El País


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum