terça-feira, 27 out 2020
Publicidade

Casal gay sofre ofensas e ameaças de mulher no interior de SP: “Isso não é de Deus”

Caso aconteceu dentro de clínica veterinária em Birigui (SP). Mulher ameaçou agredir o casal fora do estabelecimento e foi advertida por funcionário

Um casal foi vítima de homofobia dentro de uma clínica veterinária de Birigui, no interior de São Paulo, na última sexta-feira (25). Uma mulher, que não foi identificada, também cliente do estabelecimento, ofendeu o casal e ameaçou agredi-los. Ela precisou ser advertida diversas vezes por um funcionário.

Em vídeo gravado por uma das vítimas, é possível ouvir a mulher falando repetidas vezes “isso não é de Deus”. Ao ser questionada sobre o crime de homofobia que estava cometendo, ela diz: “Eu não acho que é crime”.

“A senhora sabe que é crime? A gente não quer a opinião da senhora, guarde para você”, diz o autor do vídeo. “Eu não acho que é crime. É homem com mulher, não é homem com homem ou mulher com mulher, você tá ouvindo? Isso não é de Deus”, responde a mulher, partindo para cima do casal.

Em seguida, uma das vítimas diz que vai chamar a polícia, e recebe mais ameaças da mulher. “Deixa ele lá fora, que eu pego ele lá fora”, afirma ela a um funcionário da clínica. O homem precisou advertir a mulher diversas vezes, pedindo para que ela respeitasse o casal, e disse que não aceitava aquele tipo de conduta no estabelecimento.

De acordo com o historiador Wellington Silva, que compartilhou o vídeo nas redes sociais, um boletim de ocorrência foi registrado e as imagens serão anexadas ao inquérito policial.

Luisa Fragão
Luisa Fragão
Jornalista.