Vereadora trans do PT em São Borja é alvo de ataques de ódio

Lins Robalo é única parlamentar de oposição na cidade e tem sido vítima de ataques de ódio por parte de colegas parlamentares da Casa

De acordo com a Secretaria Nacional LGBT do Partido dos Trabalhadores (PT), a vereadora trans Lins Robalo (PT-RS), que exerce mandato na cidade de São Borja (RS), está sendo vítima de ataques de ódio e perseguida pela presidência da Câmara Municipal da cidade.

“No dia de ontem, 24 de maio de 2021, a mandata Lins Roballo, vereadora mulher trans negra do PT, foi atacada por outros parlamentares da Câmara de Vereadores de São Borja e perseguida pela presidência da Casa, que exonerou sem motivos a chefe de gabinete de Lins”, informa a nota da Secretaria Nacional LGBT do PT.

Segundo a secretaria, “A vereadora Lins é a única parlamentar de oposição à prefeitura e tem sido uma voz pela diversidade e direitos humanos das mulheres, população negra e LGBTI”.

Confira na integra a nota emitida pelo PT:

“No dia de ontem, 24 de maio de 2021, a mandata Lins Roballo, vereadora mulher trans negra do PT, foi atacada por outros parlamentares da Câmara de Vereadores de São Borja e perseguida pela presidência da Casa, que exonerou sem motivos a chefe de gabinete de Lins.

A vereadora Lins é a única parlamentar de oposição à prefeitura e tem sido uma voz pela diversidade e direitos humanos das mulheres, população negra e LGBTI.

Ela possui imunidade parlamentar para proferir votos e opiniões, não podendo o presidente da Casa ou outros vereadores persegui-la por isso. Trata-se de um flagrante violação do Art. 29, VIII, da Constituição Federal de 1988.

Estamos acompanhando o caso e prestando o suporte à vereadora Lins Robalo para que todas as prerrogativas de sua mandata sejam restabelecidas prontamente”.

Secretaria Nacional LGBT do PT”

Avatar de Marcelo Hailer

Marcelo Hailer

Jornalista (USJ), mestre em Comunicação e Semiótica (PUC-SP) e doutor em Ciências Socais (PUC-SP). Professor convidado do Cogeae/PUC e pesquisador do Núcleo Inanna de Pesquisas sobre Sexualidades, Feminismos, Gêneros e Diferenças (NIP-PUC-SP). É autor do livro “A construção da heternormatividade em personagens gays na televenovela” (Novas Edições Acadêmicas) e um dos autores de “O rosa, o azul e as mil cores do arco-íris: Gêneros, corpos e sexualidades na formação docente” (AnnaBlume).