Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
02 de fevereiro de 2012, 09h48

32º Mostra Internacional de Cinema tem 456 filmes de 75 países

"Terra Vermelha" retrata a luta dos índios na América Latina

A Mostra Internacional de Cinema São Paulo chega à sua 32ª edição com 456 filmes de 75 países, cursos e uma programação especial.

Serão 16 pontos de exibição da mostra de 2008, que começa nesta quinta-feira, 16, para convidados, e na sexta-feira, 17, para o público. O filme de abertura será Terra Vermelha, co-produção ítalo-brasileira que foi destaque do Festival de Veneza e aborda a questão indígena. A mostra segue até o dia 30 de outubro.

Eventos                                                                           Benício Del Toro como Che Guevara
Nesta edição Leon Cakoff e sua equipe preparação atrações                                 especiais, se não imperdíveis. Uma delas é a vinda do cineasta Wim Wenders, e de quebra uma seleção de 15 filmes –alguns de sua autoria- para uma se seleção wendersiana. A outra é a vinda do ator Benicio Del Toro, para a sessão de encerramento da mostra, no dia 30, que exibirá Che, de Steven Soderbergh.no encerramento. Del Toro foi o melhor ator em Cannes deste ano, com o papel de Che Guevara.

O clássico O Poderoso Chefão, de Francis Ford Coppola, primeiro da trilogia, ganha exibições especiais restaurada pelo próprio autor. A mostra também exibe a volta do diretor de José Padilha aos documentários. Após o sucesso de Tropa de Elite (ganhador do Urso de Berlim em 2007), Padilha apresenta o documentário "Garapa", sobre a o problema da fome e da miséria.

O sueco Ingmar Bergman, morto no ano passado, também é lembrando na mostra. Ele ganha duas homenagens – uma retrospectiva do começo de sua carreira e a exposição “Meus Encontros com Bergman”, uma série de fotografias de Ove Wallin.

A cantorosa portuguesa Maria de Medeiros, foi nomeada pela Unesco como "Artista pela Paz"

Já o argentino Pablo Trapero ganha retrospectiva com quatro filmes precedida pela exibição de seu novo longa, La Leonera, onde Rodrigo Santoro atua. A mostra também anuncia dois shows – um de André Abujamra e de Maria de Medeiros, uma atriz, cineasta e cantora portuguesa que interpretará. composições de Chico Buarque, Caetano Veloso, Gilberto Gil, que estão presentes em seu primeiro disco, “A Little More Blue”. O disco é carinhosa homenagem à música popular brasileira e aos seus autores de resistência nos anos da ditadura militar. Outra curiosidade da multifacetada artista é sua nomeação como “Artista da UNESCO pela Paz” e o seu primeiro longa-metragem, o “Capitães de Abril”, que recebeu o Prêmio do Júri Internacional da 24ª Mostra de Cinema em 2000.
Outra sessão especial é os encontros “Os Filmes da Minha Vida”, em que personalidades do cinema, revelarão ao público quais são os filmes que marcaram e mudaram suas vidas. Os encontros que serão diários terão Walter Salles, Carlos Reichenbach, Bruno Barreto, Hector Babenco e muitos outros.

Programaçao gratuita

O Vão livre do do MASP (Museu de Arte de São Paulo) vai se transformar em um sala de cinema ao ar livre. O local abrigaraá A retrospectiva da 31ª Mostra (2007), com apresentações gratuitas dos mais destacados filmes já exibidos.

Na seleção deste ano estão O Banheiro do Papa, vencedor do Prêmio do Júri de Melhor Filme, dirigido por Enrique Fernández e pelo brasileiro César Charlone, que conta a história do contrabandista Beto. Interessado em ganhar alguns trocados, constrói um banheiro para atender a multidão que chegará à sua cidaded, quando da visita do Papa.

Ganhador do Prêmio do Público de Melhor Longa Estrangeiro, Persépolis, de Marjane Satrapi e Vincent Paronnaud, narra a história da garota Marjarne que sonha mudar o mundo. A seleção inclui ainda Maré, Nossa História de Amor, de Lúcia Murat, musical sobre a favela de mesmo nome no Rio de Janeiro. SOS Saúde, documentário de Michael Moore, sobre a indústria do lucro por trás dos tratamentos médicos nos Estados Unidos. No Vale das Sombras, de Paul Higgs, mostra o sofrimento pelo qual passam as famílias de jovens que serviram na Guerra do Iraque. O depressivo vocalista Ian Curtis, líder do Joy Divison, é o tema de Control, de Anton Corbijn. Bob Dylan é o foco de I’m Not There, de Todd Haynes, que contou com Cate Blanchett como uma das intérpretes do roqueiro. Across The Universe, de Julie Taymor, é uma comédia musical, relatando uma história de amor ambientada nos anos 1960. Em Viagem A Darjeeling, de Wes Anderson, três irmãos que, não se falam há um ano, decidem fazer uma viagem de trem percorrendo a Índia.

Confira a programação completa da mostra aqui


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum

#tags