Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
02 de fevereiro de 2012, 09h48

Bancários decidem manter greve em SP

Mais de 14 mil bancários aderiram à paralisação das atividades em São Paulo, Osasco e região, conforme balanço até às 12h desta segunda-feira, o sexto dia de greve. O Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região informou que estão parados os trabalhos em 308 agências bancárias e em alguns centros administrativos, envolvendo 14.200 funcionários.

De acordo com o Comando Nacional dos Bancários, 5 mil agências, departamentos e centros administrativos estão com suas atividades paralisadas em todo o país. A categoria reivindica aumento salarial real de 5% bem como Participação nos Lucros e Resultados (PLR) composta de três salários mais valor fixo de R$ 3.500, entre outros pontos. 

Em Curitiba, 207 das 329 agências bancárias de Curitiba não abriram as portas pela manhã, segundo o Sindicato dos Bancários. Em todo o estado, o sindicato estima que 405 das 1.257 agências estejam fechadas, envolvendo a paralisação de 17 mil bancários.

De acordo com o acompanhamento do sindicato, o movimento tem crescido significativamente desde o primeiro dia de greve, 8 de outubro. Na capital, o movimento começou com a adesão de 91 agências, subindo para 160 agências no dia 9 e encerrando a semana com 168 agências fechadas, além de 13 centros administrativos dos bancos.

As maiores adesões estão ocorrendo nos bancos privados. Na sexta-feira, a greve contava com a adesão de 62 agências e hoje são 112.

(Com informações de agências)


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum

#tags