Blog do George Marques

direto do Congresso Nacional

14 de agosto de 2019, 15h03

Bolsonaro é conivente com assassinatos da ditadura, diz ex-ministra torturada por Ustra

Militante de esquerda nos anos 1970, Menicucci foi torturada durante a ditadura militar, quando ficou presa na mesma cela que a presidente Dilma Rousseff no Presídio Tiradentes, em São Paulo

Foto: Elza Fiúza/Agência Brasil

Questionada sobre a fala do presidente Jair Bolsonaro (PSL) de que o torturador Brilhante Ustra seria um “herói nacional“, a professora, socióloga e ex-ministra do Ministério das Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos, Eleonora Menicucci disse ao blog que Bolsonaro é conivente com os assassinatos e desaparecimentos políticos promovidos pela ditadura militar.

“É uma barbaridade!”, disse. “Esse homem vem constantemente elogiando o maior torturador desse país, que me torturou”. Ela disse relembrar “o tamanho da violência” de Ustra, da crueldade, da violência e de tudo que ele representa.

A fala foi dita ao blog na noite dessa terça-feira (13), na abertura oficial da Marcha das Margaridas, no Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade, em Brasília.

“Isso demonstra que esse senhor que está aí, o Bolsonaro, ele não é só conivente com os crimes da ditadura, como ele é conivente com todos os assassinatos de companheiros e companheiras e os desaparecidos políticos. É por isso que nós, a minha geração, combate integralmente a volta de uma ditadura que já estamos vivendo”, afirmou.

Veja também:  Pochmann prevê evangélicos maioria em 2032 e diz que sociedade que deu origem ao PT não existe mais

Militante de esquerda nos anos 1970, Menicucci foi torturada durante a ditadura militar (1964-1985), quando ficou presa na mesma cela que a presidente Dilma Rousseff no Presídio Tiradentes, em São Paulo.

Em 2014 o então deputado federal Jair Bolsonaro ofendeu Menicucci, ao comentar sobre sua vida sexual privada da então ministra. “Ela me disse ‘não é porque tenho mais de 60 anos que não continuo fazendo sexo’. Mentira! Com aquela cara, nem com Viagra na veia”, afirmou para uma plateia de evangélicos que o aplaudiu. Ainda sendo aplaudido, o deputado complementou: “Ela é feia pra caramba”.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum