Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
12 de dezembro de 2016, 11h35

De luto pela morte do filho, Tati Quebra Barraco recebe mensagens de ódio

Em nota oficial, equipe da cantora lamentou ataques: “Repudiamos o desrespeito à tragédia que é qualquer mãe ter que enterrar um filho".

Em nota oficial, equipe da cantora lamentou ataques: “Repudiamos o desrespeito à tragédia que é qualquer mãe ter que enterrar um filho”

Por Redação

Após a morte do filho, Yuri Lourenço da Silva, de 19 anos, a cantora Tati Quebra Barraco vem recebendo uma série de mensagens de ódio nas redes sociais. Em nota oficial, a equipe da funkeira lamentou os ataques, classificados como “completamente desumanos”. “Repudiamos o desrespeito à tragédia que é qualquer mãe ter que enterrar um filho”, diz um trecho do texto publicado ontem (11) na internet.

O comunicado ainda rebateu a versão da Polícia Militar sobre as circunstâncias em que o jovem foi baleado. “Esperamos que a verdade – sobre uma suposta troca de tiros que nunca ocorreu – chegue à tona e que os responsáveis por registrarem/divulgarem fotos indevidas/desrespeitosas em um momento como esse sejam punidos”, prosseguiu.

Yuri foi morto a tiros durante uma operação policial na Cidade de Deus, Zona Oeste do Rio de Janeiro, onde morava. Ele foi baleado no rosto e chegou a ser levado para o Hospital Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, mas não resistiu. Tati acusa policiais militares da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) de terem efetuado os disparos.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum