Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
15 de outubro de 2016, 16h37

Delação aponta propinas de mais de R$20 milhões durante governos de Serra e Alckmin

Sócio de construtora delata propina em pelo menos dois contratos durante a gestão de Serra e Alckmin. Valor ultrapassa R$20 milhões.

Sócio de construtora delata propina em pelo menos dois contratos durante as gestões dos dois líderes tucanos à frente do governo de São Paulo. Valores foram pagos para garantir que empresa participasse das obras da CDHU e do Rodoanel Mário Covas

Por Redação

José Antunes Sobrinho, empresário sócio da Engevix Construtora, está negociando com o Ministério da Transparência uma delação premiada que pode colocar as gestões de José Serra e Geraldo Alckmin no governo do estado de são Paulo sob investigação por recebimento de propinas em contratos de obras do CDHU e Rodoanel Mário Covas. Valor dos repasses ilegais passam R$20 milhões.

De acordo com reportagem de Ana Clara Costa e Alana Rizzo, para a Revista Época, Antunes teria apresentado a quatro integrantes do ministério e quatro procuradores da Advocacia-Geral da União uma lista com pagamentos de propina a quatro órgãos públicos, entre eles dois durante governos dos psdbistas no estado de São Paulo: uma para a Companhia da Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) – empresa estatal de construção de moradias populares – e outra para a Dersa Desenvolvimento Imobiliário, responsável por parte da obra do Rodoanel Mário Covas.

Além da Engevix, que aponta negociações de executivos durante os dois governos do PSDB, a Odebrecht também lista em suas planilhas apuradas pela Policia Federal ilegalidades em contratos firmados com ambos os governos, em 2004 e em 2016, mesmo período no qual as ocorrências referentes a CDHU, delatadas por Antunes, teriam ocorrido.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum