Desembargador manda tribunal do DF decidir “imediatamente” sobre afastamento de Salles

Pedido do MPF diz que manutenção do ministro no cargo traz danos às iniciativas de preservação do meio ambiente

O Tribunal Regional Federal da 1ª Região, determinou nesta terça-feira (13) que a 8ª Vara do Distrito Federal decida “imediatamente” sobre pedido do Ministério Público Federal (MPF) para afastar Ricardo Salles do cargo de ministro do Meio Ambiente. 

No despacho, o desembargador Ney Bello escreve que sua decisão é essa para “não incorrer em supressão de instância”. Também destacou a necessidade da “celeridade processual”.

O MPF pediu o afastamento de Salles do cargo em julho. Para os procuradores, ele atua no ministério com o objetivo de desmontar a proteção ao meio ambiente no país, o que configura improbidade administrativa.

Assinada por 12 procuradores do Distrito Federal e integrantes da Força-Tarefa Amazônia do MPF, a ação relaciona uma série de atos de Salles no comando da pasta que favoreceriam a desestruturação da política ambiental no Brasil.

Diante da demora na análise da ação, no dia 23 de setembro o MPF ingressou com nova petição, desta vez ao Tribunal Regional Federal em Brasília, da 1ª região, para pedir celeridade na análise. Isso porque, no entender dos procuradores, a manutenção de Salles no cargo traz “danos às iniciativas de preservação do meio ambiente”.

E foi nesse pedido que o desembargador ordenou a imediata tomada de decisão pela Vara Judicial do DF.

Entre a entrada inicial da ação e o pedido para que a decisão fosse acelerada, as queimadas no Pantanal tomaram proporções inéditas e bateram recordes históricos. Os focos de incêndio na Amazônia também dispararam em setembro e outubro.

* Com informações da CNN

Publicidade
Avatar de Fabíola Salani

Fabíola Salani

Graduada em Jornalismo pela Universidade Metodista de São Paulo. Trabalhou por mais de 20 anos na Folha de S. Paulo e no Metro Jornal, cobrindo cidades, economia, mobilidade, meio ambiente e política.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR