O que o brasileiro pensa?
19 de dezembro de 2019, 19h24

Dimenstein vence Véio da Havan na Justiça e republica matéria incômoda ao empresário

A matéria que o dono das lojas Havan queria que Dimenstein tirasse do ar criticava o fato de o empresário ter comprado um jatinho milionário enquanto mantém dívidas com o INSS; confira

Luciano Hang (Foto: Reprodução/Twitter)

O jornalista Gilberto Dimenstein, editor do site Catraca Livre, resolveu, nesta quinta-feira (19), republicar uma matéria incômoda ao empresário Luciano Hang, mais conhecido como Véio da Havan. Trata-se de um texto crítico ao fato de Hang ter comprado um jatinho milionário enquanto arrasta dívidas com o INSS. A matéria foi publicada em agosto deste ano.

O Véio da Havan, então, entrou com uma ação na Justiça para que a matéria de Dimenstein fosse retirada do ar. Segundo o jornalista, no entanto, o juiz que cuidava do caso negou o pedido. “Luciano Hang entrou na Justiça pedindo que eu retirasse do ar post crítico em que mostro o óbvio: enquanto ele gasta milhões com um jatinho, deve milhões ao poder público. Decisão da Justiça: não. Repito o post”, escreveu o jornalista em seu Twitter.

Hang, dono da rede de lojas Havan, é um dos maiores apoiadores do presidente Jair Bolsonaro no meio empresarial.

“Incomodado com Luciano Huck, Jair Bolsonaro resolveu mostrar o financiamento do BNDES que o apresentador recebeu para comprar um jatinho. Na lista, aliás, há vários empresários. Mas pergunto: por que Bolsonaro não fala nada de Luciano Hang, o dono da Havan. Ele não teve financiamento do BNDES. Mas comprou um jato bilionário, quando tem dívidas gigantescas com o INSS. Por que não pagou a dívida? A diferença é que Bolsonaro é apoiado com dinheiro por Luciano Hang”, diz a matéria de Dimenstein que o empresário não quer que ninguém veja.

O jatinho comprado à época por Luciano Hang é avaliando em US$ 62,310 milhões (R$248 milhões), sendo um dos jatos executivos mais caros do mercado.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum