Fórumcast, o podcast da Fórum
04 de julho de 2016, 19h24

Em família: Temer nomeia filho de Paulinho da Força para comandar o Incra de SP

Apesar de não ter experiência na área, Alexandre Pereira da Silva, filho de Paulinho, um dos principais articuladores do impeachment e aliado de Eduardo Cunha, foi o escolhido do interino para presidir o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária no estado. O Solidariedade, partido de Paulinho e do filho, tem tido grande influência na área da agricultura e reforma agrária no governo provisório

Por Redação

O presidente interino Michel Temer nomeou o filho do deputado federal Paulinho da Força (Solidariedade-SP) como superintendente do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) no estado de São Paulo. A nomeação do deputado estadual Alexandre Pereira da Silva foi publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira (4).

A nomeação do filho de Paulinho mostra a força que o deputado federal tem no governo provisório. Ainda que seja considerado um dos principais inimigos dos movimentos populares, que tanto estão inseridos na área da agricultura familiar e reforma agrária, ele conseguiu, após o afastamento da presidenta, ter cada vez mais inserção na área da agricultura e, para completar, conseguiu a nomeação do próprio filho em um dos principais institutos da área. Paulinho da Força foi um dos principais articuladores do processo de impeachment na Câmara dos Deputados e é, até hoje, um dos mais próximos aliados do presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Alexandre, o novo superintendente do Incra, por sua vez, não tem qualquer experiência com a área da agricultura e muito menos com reforma agrária. O site do Solidariedade, no entanto, pondera: Alexandre já foi produtor de pimentões em um sítio da família no interior do estado.

 

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum