Fórum Educação
27 de março de 2020, 22h46

Em meio a pandemia, planos de saúde cancelam acordos de cobertura

Número de processos contra as empresas dispara em São Paulo

Foto: Reprodução

O número de processo contra planos de saúde explodiu por conta da pandemia de coronavírus. Juízes que recebiam até dois processos por dia agora passaram a receber 20. As informações foram divulgadas hoje pela CNN Brasil, citando fontes no Tribunal de Justiça de São Paulo.

A Lei dos Planos de Saúde (9656/98), em vigor desde 1999, permitiu que beneficiários com contratos anteriores a essa data optassem por migrar para planos atualizados ou permanecer no plano atual até os 25 anos de idade.

Já um beneficiário que passou dessa idade tem a opção de migrar para os planos coletivos da Amil ou de exercer a portabilidade. No entanto, muitos planos aceitaram manter essas pessoas após essa idade e, com a pandemia, decidiram rever ou cancelar esses acordos. 

Os planos de saúde estão enviando cartas informando que a pessoa perdera a cobertura médica em 60 dias, o que tem motivado muito processos. Em resposta a emissora, a Associação Brasileira de Planos de Saúde disse que as empresas seguem as regras e vale o que estiver no contrato.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum