Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
17 de janeiro de 2018, 21h18

Em Washington, Rodrigo Maia diz que o premiado Bolsa Família “escraviza” as pessoas

Programa criado por Lula que foi criticado pelo presidente da Câmara já recebeu dezenas de prêmios internacionais, é reconhecido por órgãos como ONU e FMI e já serviu de inspiração para programas sociais de inúmeros governos ao redor do mundo

Por Redação

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, afirmou nesta quarta-feira (18) em Washington (EUA) que o programa Bolsa Família, principal marca social dos governos Lula e Dilma Rousseff, “escraviza” as pessoas.

Ajude a Fórum a fazer a cobertura do julgamento do Lula. Clique aqui e saiba mais.

O deputado do DEM, virtual candidato à presidência este ano, apelou para o jargão fácil, em outras palavras, de que o programa “dá o peixe e não ensina a pescar” para criticá-lo.

“Criar um programa para escravizar as pessoas não é um bom programa social. O programa é bom onde você inclui a pessoa e dá condições para que ela volte à sociedade e possa, com suas próprias pernas, conseguir um emprego”, afirmou.

A fala do deputado é repleta de conceitos prontos utilizados pela oposição aos governos petistas e sem nenhum dado concreto. O fato é que dados oficiais apontam que, em 12 anos, o programa tirou 36 milhões de pessoas da pobreza extrema, fazendo com que o Brasil saísse do Mapa da Fome da Organização das Nações Unidas (ONU).

Além disso, de acordo com a Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO, sigla em inglês), o Brasil reduziu a fome em 75% entre 2001 e 2012, muito por conta do Bolsa Família.

O programa criticado por Rodrigo Maia, além de tudo, já ganhou dezenas de prêmios internacionais, foi citado como referência por órgãos como a ONU e o FMI e tem sido, até hoje, estudado como referência para programas sociais em inúmeros países.

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum