Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
08 de fevereiro de 2012, 19h13

Evo Morales anuncia greve de fome

Imagens: Sebastian Baryli/Flicker

O presidente da Bolívia, Evo Morales, declarou-se em greve de fome nesta quinta-feira, 9, em protesto pela demora do Congresso em aprovar uma lei eleitoral que põe em risco a realização das eleições gerais de 6 de dezembro, na qual ele tenta sua reeleição até 2015. O prazo estabelecido para aprovar a lei eleitoral transitória venceu à 0h desta quinta. Ele deve ser acompanhado por líderes sindicais e sociais no jejum.

"Diante da negligência de um grupo de parlamentares neoliberais, estamos obrigados a assumir essa medida", disse Morales em discurso no palácio de governo, em La Paz, quando anunciou a greve.

O presidente disse que este é "o melhor momento para obrigar o Congresso Nacional e os senadores de oposição para que aprovem". Segundo ele, este é um "pedido clamoroso" dos camponeses e trabalhadores.

Saiba Mais

Kantuta: um território boliviano em São Paulo Por Marcos Palhares
Praça no nairro do Pari abriga uma feira semanal que mantém vivas a cultura e tradição do país vizinho

Um relato da Bolívia revolucionária Por Altamiro Borges

Crônica de uma tragédia anunciada Por Luis A. Gómez

Os instantes que prenunciaram uma das maiores demonstrações de força popular dos últimos anos na América Latina, o levante que derrubou o ex-presidente boliviano Sanchez de Lozada

Coca para americano ver Por Renato Rovai

A Bolívia tem boa parte do seu território e do seu povo vivendo em estado de guerra. Na prática isso não tem nada a ver com política de combate ao narcotráfico

A Bolívia depois do referendo Por João Peres

Após vitória eleitoral, o presidente boliviano Evo Morales busca diálogo com setores da oposição, mas o entendimento não será fácil

A paisagem depois da batalha  Por Luis A. Gómez

As mobilizações sociais na Bolivia mostram um país dividido onde os movimentos sociais estão desempenhando papel central na construção de um novo caminho


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum

#tags