Famosos fazem corrente no Twitter para pressionar Bolsonaro por auxílio a informais

Anitta, Caetano Veloso e Daniela Mercury foram alguns dos artistas que aceitaram o desafio do youtuber Felipe Neto para pressionar o presidente

O youtuber Felipe Neto lançou um desafio no Twitter na segunda-feira (1) propondo que artistas e famosos do país pressionassem o presidente Jair Bolsonaro pelo pagamento do auxílio de R$ 600 a trabalhadores informais. O projeto foi uma vitória da oposição no Congresso e tem como objetivo ajudar as famílias de baixa renda durante a pandemia do coronavírus.

Com isso, artistas como Anitta, Caetano Veloso e Daniela Mercury entraram na corrente e cobraram o presidente pelo pagamento. Além disso, indicariam outros famosos a fazerem o mesmo. Gabriela Prioli, Leandra Leal, Marcelo Adnet, Gregório Duvivier e Whindersson Nunes também participaram da mobilização.

Ao aceitar o desafio, Caetano Veloso reforçou que o dinheiro é essencial neste momento de pandemia do coronavírus para garantir que pessoas não passem fome. “Bolsonaro precisa agilizar o pagamento do auxílio emergencial aos trabalhadores. Quem tem fome, tem pressa. Vamos pressionar”, escreveu o artista, que desafiou Gal Costa, Teresa Cristina e Majur a fazerem o mesmo.

Bolsonaro publicou nesta quinta-feira (2) no Diário Oficial da União o projeto que garante auxílio emergencial de R$ 600 a trabalhadores informais e de R$ 1.200 para mães responsáveis pelo sustento da família. A operacionalização destes pagamentos, no entanto, ainda depende da edição de um decreto.

Confira:

Avatar de Luisa Fragão

Luisa Fragão

Jornalista.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR