O que o brasileiro pensa?
24 de maio de 2020, 20h42

Fantástico: Estudo que baseia liberação de cloroquina por Bolsonaro é fraudulento

Programa da TV Globo mostrou que pesquisa recente e ampla prova que a substância não é eficaz para tratar coronavírus e pode matar

Foto: Reprodução/TV Globo

A edição deste domingo (24/5) do Fantástico destacou que a eficácia da cloroquina e da hidroxicloroquina no tratamento do coronavírus não foi comprovada. O programa da TV Globo entrevistou especialistas, que analisaram estudos científicos sobre a substância.

O Fantástico mostrou que o estudo mais recente e amplo, com o maior número de pacientes até agora, não só prova que a cloroquina e a hidroxicloroquina não ajudam no tratamento de pessoas com coronavírus, como mataram pessoas, desencadeando problemas cardíacos.

O estudo mostrado pelo programa foi publicado pela The Lancet, a mais importante revista científica de Saúde.

O Fantástico também criticou a pressão do presidente Jair Bolsonaro para liberar os remédios já para pacientes com sintomas leves. Segundo o programa, ele e outros líderes seguem uma avaliação equivocada do presidente dos EUA, Donald Trump.

Especialistas entrevistados também criticaram os dois estudos científicos citados no protocolo do Ministério da Saúde para liberar a cloroquina. Um é um estudo chinês, que não foi feito com pessoas e apenas com células em laboratório.

O outro, um estudo francês, está sendo investigado por suspeita de fraude pela própria revista que o publicou. Os procedimentos adotados são de baixa qualidade e a amostra de pessoas é pequena. O estudo ainda aponta uma taxa de 100% de sucesso para a cloroquina, mas excluiu pacientes que morreram ou deixaram de participar por não aguentarem os efeitos colaterais.

O Fantástico também mostrou a explosão de conteúdos falsos nas redes sociais sobre o sucesso da cloroquina.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum