Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
02 de fevereiro de 2012, 09h48

Festival Internacional de Cinema Ambiental pela primeira vez em São Paulo

O Cine-clube Socioambiental Crisantempo e a Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciências e Cultura) promovem o Fica (Festival Internacional de Cinema Ambiental pela primeira vez em São Paulo, dias 8, 9 e 10 de outubro.

A mostra itinerante do FICA abre o I Ciclo de Filmes e Palestras do Cine-Clube Socioambiental Crisantempo, que inclui, além do Fica-SP, uma programação fixa todas as quartas-feiras com filmes e debates sobre diversos temas na área socioambiental.

O Fica é realizado anualmente na Cidade de Goiás desde 1999 pela Agência Goiana de Cultura – Agepe – e é um dos maiores festivais cinematográficos sobre o meio ambiente.

Foi criado com a finalidade de divulgar obras audiovisuais, com temática ambiental, produzidas em qualquer parte do mundo, e de promover uma interação entre cinema e ecologia através da discussão sobre a preservação do meio ambiente.

Por uma iniciativa da Sala Crisatempo e da Unesco, o Fica acontece pela primeira vez em São Paulo durante 3 dias com os filmes vencedores da décima edição do Festival.

Entre eles, "Delta, o Trabalho Sujo do Petróleo", sobre o vazamento de petróleo e a rotina dos moradores da região; "A Barganha Assassina", sobre as condições sob as quais alguns bens de consumo são produzidos, e "A Lenda da Terra Dourada", sobre migrantes que trabalham em fazendas de gados sendo tratados como escravos no Pará.

Serviço:

FESTIVAL INTERNACIONAL DE CINEMA AMBIENTAL (FICA)

Data: 08 a 10 de outubro
Local: Sala Crisantempo – Rua Fidalga, 521 – Vila Madalena – tel. (11) 3819 2287
Entrada franca

P R O G R A M A Ç Ã O

8/10 – QUARTA-FEIRA

15h Lições tardias para avisos antecipados – Melhor série ambiental de TV e melhor filme na opinião do público.
Diretor: Jakob Gottshau – Dinamarca – 58 min – série televisiva, 20061o. capítulo: Epidemia do cigarro – 29 min2o. capítulo: Veneno mortal – 29 min

16h Benzeduras – Melhor produção goiana.Diretor: Adriana Rodrigues – Brasil (GO) – 72 min – documentário, 2007

17h Uma barganha assassina Diretor: Tom Heinemann – Dinamarca – 57 min – documentário, 2006

18h Batida na floresta – Melhor média–metragem e troféu imprensa.
Diretor: Adrian Cowell – Reino Unido/Brasil – 58 min – documentário, 2006

19h A lenda da terra dourada Diretor: Stéphane Brasey – Suíça – 54 min – documentário, 2007

20h Jaglavak, príncipe dos insetos – Melhor obra do festival.
Diretor: Jerôme Raynaud – França – 52 min – documentário, 200621h Delta, o jogo sujo do óleo – Melhor longa–metragem. Diretor: Yorgos Avgeropoulos – Grécia – 64 min – documentário, 2006

22h Os olhos fechados da América Latina Diretor: Miguel Mirra – Argentina 84 min – documentário Ano?

9/10 – QUINTA-FEIRA

13h30 Os olhos fechados da América Latina Diretor: Miguel Mirra – Argentina – 84 min – documentário

15h00 Delta, o jogo sujo do óleo – Melhor longa–metragem. Diretor: Yorgos Avgeropoulos – Grécia – 64 min- documentário, 200616h Jaglavak, príncipe dos insetos – Melhor obra do festival.
Diretor: Jerôme Raynaud – França – 52 min – documentário, 2006

17h A lenda da terra dourada – Diretor: Stéphane Brasey – Suíça – 54 min – documentário, 2007

18h Lições tardias para avisos antecipados – Melhor série ambiental de TV e melhor filme na opinião do público.
Diretor: Jakob Gottshau – Dinamarca – 58 min – série televisiva, 2006 1o. capítulo: Epidemia do cigarro – 29 min2o. capítulo: Veneno mortal – 29 min

19h Benzeduras – Melhor produção goiana.Diretor: Adriana Rodrigues – Brasil (GO) – 72 min – documentário, 2007

20h Uma barganha assassina – Diretor: Tom Heinemann – Dinamarca – 57 min – documentário, 2006

21h Batida na floresta – Melhor média–metragem e troféu imprensa.
Diretor: Adrian Cowell – Reino Unido/Brasil – 58 min – documentário, 2006

22h Delta, o jogo sujo do óleo – Melhor longa–metragem. Diretor: Yorgos Avgeropoulos – Grécia – 64 min – documentário, 2006

10/10 – SEXTA FEIRA

15h Jaglavak, príncipe dos insetos – Melhor obra do festival.
Diretor: Jerôme Raynaud – França – 52 min – documentário, 2006

16h Batida na floresta – Melhor média–metragem e troféu imprensaDiretor: Adrian Cowell – Reino Unido/Brasil – 58 min – documentário, 2006

17h Benzeduras – Melhor produção goiana.Diretor: Adriana Rodrigues – Brasil (GO) – 72 min – documentário, 2007

18h Uma barganha assassina – Diretor: Tom Heinemann – Dinamarca – 57 min – documentário, 2006

19h A lenda da terra dourada – Diretor: Stéphane Brasey – Suíça – 54 min – documentário, 2007

20h Delta, o jogo sujo do óleo – Melhor longa–metragem Diretor: Yorgos Avgeropoulos – Grécia – 64 min- documentário, 2006

21h Lições tardias para avisos antecipados – Melhor série ambiental de TV e melhor filme na opinião do público.
Diretor: Jakob Gottshau – Dinamarca – 58 min – série televisiva, 20061o. capítulo: Epidemia do cigarro – 29 min2o. capítulo: Veneno mortal – 29 min

22h Os olhos fechados da América Latina Diretor: Miguel Mirra – Argentina 84 min – documentário

Confira mais detalhes no site do evento


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum

#tags