Blog do Emerson Damasceno

No rastro do crime ambiental nas praias do Nordeste
28 de janeiro de 2016, 09h52

Fortaleza, a Cidade mais violenta do Brasil?

 

Em primeiro plano: Pirambu. Ao fundo: beira-mar. foto: Luisa Cela

Em primeiro plano: Pirambu. Ao fundo: beira-mar. foto: Luisa Cela

Segundo pesquisa divulgada há poucos dias, Fortaleza é a Cidade mais violenta do Brasil.

Será mesmo?

A pesquisa é de uma ONG do México, Conselho Cidadão para a Segurança Pública e Justiça Penal.

Para quem mora na periferia da Capital Alencarina, isso tem lá a sua verdade. Quem habita os Curiós de Fortaleza e sua mortandade sabe dos infernos diários da Cidade.

São décadas, séculos quiçá, de injustiça social, de invisibilidade, de vulnerabilidade, enfim, é uma história que vem sendo contada há muito tempo sem que a Aldeia Aldeota e demais ilhas de prosperidade tivessem conhecimento.

Nas lacunas da presença do Estado, o crime se instala como hospedeiros de uma falso assistencialismo.

Fortaleza pode não ser a mais violenta do Brasil, mas é uma das mais injustas em seus quase trezentos anos.

Em que pesem as políticas que tentam diminuir esse abismo, nossa aldeia ainda tem muito caminho a percorrer até algo perto do ideal.

Fortaleza pode não ser a décima-segunda mais violenta do mundo, mas é uma das mais ingratas com os seus habitantes.

Os gritos apavorados de parte da Cidade só surgiram quando o crime bateu à sua, à nossa, porta. E parecem se multiplicar justamente quando se tenta diminuir tanta desigualdade.

Somos todos vítimas e culpados, em que pese poucos admitirem a culpa por tanta desigualdade. Afinal de contas, o inferno são os outros.

Fortaleza pode não ser assim tão violenta. Mesmo assim, Fortaleza não esconde o seu emblemático cartão-postal.

Sou desta terra que tanto amo e mesmo assim me sinto estrangeiro ao navegar por ela e pular do século XXI à Idade Média em alguns poucos instantes. O necessário desconforto não ecoa em todos nós. Por que será?

Fortaleza pode não ser a mais violenta do Brasil.

Mas não será mesmo?


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum

#tags