terça-feira, 22 set 2020
Publicidade

General Heleno fez vistas grossas para casos de corrupção no COB

O ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Augusto Heleno bradou na manhã da última sexta-feira (15) contra as declarações do ex-presidente Lula em entrevista à TVT, durante um café da manhã com jornalistas. Porém, tal indignação não foi observada por parte do militar quando ele fazia parte da Comitê Olímpico Brasileira e fez vistas grossas para toda a corrupção que havia na entidade esportiva.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

Segundo dossiê feito pela Agência Sportligth, Heleno recebia uma salário de R$ 58.581,00, sendo que R$ 47.024 vinha de dinheiro público. O fato foi lembrando em um sequência de mensagens postadas no Twitter da Sportligth. “O Gal Heleno foi homem de frente nos Jogos Mundiais Militares, 2011. A @agsportlight mostra q antes das Olimpíadas, a ‘República de Mangaratiba’ de Cabral já tinha montado seu esquema de corrupção no evento militar”, postou a agência.

O general deu socos na mesa e esperneou quando foi se referir a entrevista concedida por Lula na TVT no dia anterior. ““Ele não mereceu jamais ser presidente da República. Presidência da República é uma instituição quase sagrada. Eu tenho vergonha de um sujeito desses ter sido presidente da República”, afirmou o ministro aos gritos.

Confira abaixo a sequência postada pela Agência Sportligth:

 

 

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.