Jornalista da Globo e Estadão quer proibir protestos em dias úteis

Irritada com “o caos em São Paulo” por conta da manifestação contra o impeachment, Eliane Cantanhêde – a mesma que se referiu ao PSDB como um partido da “massa cheirosa” – sugeriu que se proibisse pesseatas que não fossem aos finais de semana Por Redação A comentarista de política do Estadão e da Globo News, […]

Irritada com “o caos em São Paulo” por conta da manifestação contra o impeachment, Eliane Cantanhêde – a mesma que se referiu ao PSDB como um partido da “massa cheirosa” – sugeriu que se proibisse pesseatas que não fossem aos finais de semana

Por Redação

A comentarista de política do Estadão e da Globo News, Eliane Cantanhêde, nunca escondeu sua ojeriza ao PT e sua simpatia pelo PSDB. Nesta quarta-feira (16), por exemplo, a jornalista postou pelo Twitter o seguinte comentário:

“Devia ser proibido fazer manifestação em dia útil. São Paulo está um caos. Irritante!”.

cantanhede

Cantanhêde se referia à manifestação contra o impeachment que acontecia entre a avenida Paulista e o centro da capital paulista. No ato, estavam presentes, principalmente, centrais sindicais, organizações sociais e membros da militância petista – público que, aparentemente, a jornalista carrega certa repulsa. Isso por que em 2010, na convenção nacional do PSDB, a colunista se referiu ao partido como uma legenda de “massa cheirosa”, em uma clara ironia aos encontros de militantes do PT.

“Para quem tá acostumado com esse tipo de reunião, todo mundo tá estranhando. Muita gente, muita bagunça, muita confusão, parece até que o PSDB está virando um partido de massa. Um partido de massa, mas uma massa cheirosa”, disse na ocasião.

Ela também foi criticada em agosto do ano passado por praticamente blindar o nome de tucanos em uma comentário sobre denúncias de corrupção que envolviam o senador Aécio Neves (PSDB-MG). Questionada por internautas, Cantanhêde respondeu: “Vou tentar encaixar amanhã”.

 

 

 

Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.

Em 2021, escolha a Fórum.

Todos os dias Fórum publica de 80 a 100 matérias desde às 6h da manhã até à meia-noite. São 18h de textos inéditos feitos pela equipe de 10 jornalistas da redação e também por mais de três dezenas de colaboradores eventuais.

E ainda temos 3 programas diários no YouTube. O Fórum Café, com Cris Coghi e Plínio Teodoro, o Fórum Onze e Meia, com Dri Delorenzo e este editor, e o Jornal da Fórum, com Cynara Menezes. Além de vários outros programas semanais, como o Fórum Sindical, apresentado pela Maria Frô.

Tudo envolve custos. E é uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar neste ano, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

É fácil. Clique em apoiar e escolha a melhor forma de escolher a Fórum em 2021.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR