#Fórumcast, o podcast da Fórum
10 de setembro de 2008, 11h05

Laudo médico questiona suicídio de Salvador Allende

Filha do ex-presidente, a deputada Isabel Allende, disse que a nova versão é absurda

Filha do ex-presidente, a deputada Isabel Allende, disse que a nova versão é absurda

Por Redação

LAUDO MÉDICO QUESTIONA SUICÍDIO DE SALVADOR ALLENDE

O ex-presidente chileno Salvador Allende pode não ter se suicidado com um tiro de fuzil, no dia 11 de setembro de 1973, enquanto o Palácio de La Moneda era bombardeado por forças militares do país.

Na véspera de se completarem 35 anos do golpe que pôs fim ao governo e causou a morte do líder socialista da Unidade Popular, uma nova versão para os acontecimentos veio à tona com a divulgação de um laudo do legista Luis Ravanal, noticiado nesta terça-feira, 9, pela revista El Periodista.

A reportagem aponta possíveis irregularidades cometidas no relatório de autópsia do corpo de Allende, realizada no Hospital Militar. Segundo a revista, algumas fotografias exigidas pela perícia para atestar o suicídio foram omitidas.

Segundo a agência de notícias Ansa, , a deputada Isabel Allende, filha do ex-presidente, disse que a nova versão é absurda. “Estamos um pouco cansados. De vez em quando, tenta-se fazer especulações”, afirmou.

A parlamentar diz que continua a confiar na opinião dos médicos ligados à sua família. “A família Allende confia 100% na versão dos médicos que arriscaram a vida junto a ele [Salvador Allende]. Eles foram categóricos e não questiono sua versão.”
Após os ataques, Allende foi retirado já morto do palácio presidencial. Seu corpo foi enterrado sem a presença de familiares em Valparaíso, 120 km a oeste de Santiago.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum