O que o brasileiro pensa?
20 de janeiro de 2020, 22h57

Maitê Proença defende Regina Duarte na Cultura: “Ela não é perversa nem cínica, nem nazista”

Amiga e colega de profissão da nova secretária de Cultura diz que ela “tem admiradores de várias ideologias”. Proença também foi convidada por Bolsonaro para assumir um ministério, o do Meio Ambiente, em 2018, mas recusou.

As atrizes Regina Duarte e Maitê Proença (Foto: reprodução)

Em entrevista para a coluna da jornalista Sônia Racy, a atriz Maitê Proença defendeu sua amiga e colega de profissão Regina Duarte, recentemente nomeada para substituir Roberto Alvim na Secretaria da Cultura, depois que o diretor teatral foi exonerado, devido ao vídeo com frases e símbolos nazistas.

Segundo Maitê, o mais importante é que o mundo da cultura tenha respeito e paciência com a nova secretária: “Regina não é perversa nem cínica, nem nazista. Dentro do cenário que vivemos, ela é a melhor das possibilidades”.

A colega também disse que Duarte “trabalha desde a adolescência e conhece muita gente no meio. Ela tem admiradores de todas as ideologias”.

Vale lembrar que Maitê Proença também chegou a ser convidada por Jair Bolsonaro para assumir um cargo em seu governo. Foi em novembro de 2018, quando foi sondada para o Ministério do Meio Ambiente, mas acabou recusando, e abrindo caminho para a nomeação de Ricardo Salles.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum