Fórumcast #19
16 de setembro de 2015, 09h22

Menina de dez anos dá show de feminismo em programa de Fátima Bernardes

Anita, filha do escritor Marcos Piangers, contestou os estereótipos de gênero segundo os quais "meninas gostam de rosa e meninos, de azul"; assista

Anita, filha do escritor Marcos Piangers, contestou os estereótipos de gênero segundo os quais “meninas gostam de rosa e meninos, de azul”; assista

Por Redação

Anita, uma menina de dez anos, deu uma lição de feminismo no Encontro com Fátima Bernardes da última terça-feira (15). Filha do escritor Marcos Piangers – que, além de Anita, levou a caçula Aurora para participar do programa –, ela contestou os estereótipos de gênero segundo os quais “meninas gostam de rosa e meninos, de azul”. “Eu acho que assim: tem a fase que quando tu é pequena, tu gosta de rosa e roxo. Mas quando tu cresce, tu pensa: Pô, que porcaria! Isso é uma coisa machista! Eu estou de azul, não gosto de rosa”, afirmou em rede nacional, arrancando aplausos da plateia.

Após a fala empoderada de Anita, Piangers deu mais exemplos de como a filha é uma “pequena feminista”. “Esses dias ela olhando na rua, aqueles homenzinhos para atravessar no verde [do semáforo], ela perguntou: ‘pai, por que não tem uma mulher?'”, contou. A menina ainda completou: “Por que não tem trocador [de bebê], fraldário, no banheiro dos homens? Só tem no das mulheres…”.

Veja também:  Governo israelense veta entrada de democratas e Trump comemora: "São o rosto do Partido Democrata e eles odeiam Israel"

O vídeo protagonizado por Anita viralizou nas redes. Assista:

“Isso é uma coisa machista!”

Posted by Empodere Duas Mulheres on Terça, 15 de setembro de 2015


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum