Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
25 de junho de 2016, 19h54

Sucesso do Brexit faz movimento criar SampAdeus e convocar plebiscito

Um post com essa mensagem no Facebook já atingiu mais de 12 mil compartilhamentos. Eles querem São Paulo como um país

O movimento Sampa Livre, que tem um site na Internet e perfil em redes sociais, se animou com a vitória do Brexit na Grã Bretanha e está chamando um plebiscito não-oficial consultivo em várias cidades do estado no dia 2 de outubro.

Um post com essa mensagem no Facebook já atingiu mais de 12 mil compartilhamentos. O texto é quase uma celebração ao separatismo.

“A maré virou! Com a vitória dos que defendiam a saída da Grã-Bretanha da União Europeia, fica claro que os tempos mudaram, e que parecia ser ‘impossivel’ até pouco tempo atrás pode virar realidade em breve. Assim será com a independência paulista. Dia 2 de outubro, o SPL está dando o primeiro passo real e efetivo para a liberdade paulista, com um plebiscito consultivo em várias cidades do estado. Depois do vitória do ‘#BREXIT‘, vem aí o ‘#SAMPADEUS‘ (Sampa dá ‘adeus’ para o Brasil). E viva São Paulo Livre!”

No site do movimento há várias postagens justificando a iniciativa. Até o movimento dos Bandeirantes é utilizado como argumento para separar o país.

“Nos tempos coloniais, nossos bandeirantes adentraram as matas da América do Sul, expandindo o território paulista e garantindo o atual tamanho do Brasil. São Paulo quis a independência, mas foi traído logo depois pelo imperador Pedro I. Quisemos um país próprio em 1888, e depois, em 1932. De fato, há documentos da Coroa Portuguesa em que textualmente o rei de Portugal era alertado para vigiar de perto os paulistas, por seu ‘excessivo amor à liberdade’.”

O movimento, alias, utiliza a bandeira da liberdade como justificativa para defender a divisão do país.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum