Fórumcast #20
25 de maio de 2015, 18h55

‘Musa do impeachment’ serve champanhe e caviar ao próprio cachorro

A socialite Ju Isen, conhecida pelo topless durante o primeiro ato contra a presidenta Dilma Rousseff em São Paulo, no dia 15 de março, postou fotos nas redes sociais dando champanhe e caviar a seu cachorro; segundo o colunista Miguel do Rosário, a notícia serve "para a gente ter consciência de como essa gente é brega".

A socialite Ju Isen, conhecida pelo topless durante o primeiro ato contra a presidenta Dilma Rousseff em São Paulo, no dia 15 de março, postou fotos nas redes sociais dando champanhe e caviar a seu cachorro; segundo o colunista Miguel do Rosário, a notícia serve “para a gente ter consciência de como essa gente é brega”

Por Miguel do Rosário, no Tijolaço

(Atenção, a notícia abaixo não é do site Sensacionalista. É verdadeira).

Essa vai para a seção de humor do blog.

Um humor sombrio, com reflexos trágicos na sociedade.

Humor negro, enfim.

Mas humor.

Não é bem uma “notícia”. É uma sessão de fotos com algumas legendas. Eu publico aqui porque entendo que é uma reportagem que explica muita coisa.

Muita coisa mesmo.

Pra começar, para a gente ter consciência de como essa gente é brega, meu Deus!

Como são bregas!

Pai, mãe, obrigado por eu não ser assim!

*

Do R7

Musa da Manifestação serve champanhe e caviar ao cachorro: ‘Quero uma vida como a minha para todos’

Ju Isen ficou conhecida após aparecer com os seios à mostra em uma protesto em São Paulo

No momento em que o governo anuncia um corte de R$ 69,9 bilhões no orçamento da União, a “Musa da Manifestação” aproveita para ostentar a vida de luxo e “lamentar” a situação do País.

Leia também: Lucrando com a “indignação”: Empresária que fez topless em protesto lança linha pró-impeachment

 

Foto de capa: Reprodução

Veja também:  Jovem carioca cria projeto que doa compressores de seios a pessoas trans de todo o Brasil

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum