Fórumcast, o podcast da Fórum
17 de agosto de 2013, 13h32

Por sumiço de Amarildo, chefe de UPP da Rocinha será afastado

Major não tem bom relacionamento com a comunidade que acusa a corporação pelo desaparecimento do pedreiro

Major não tem bom relacionamento com a comunidade que acusa a corporação pelo desaparecimento do pedreiro

Por Redação

Desaparecimento de Amarildo culminou no afastamento do comandante da UPP da Rocinha (Foto: Divulgação)

O secretário de Segurança Pública do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame, decidiu afastar o major Edson do Santos do comando da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da Rocinha. O motivo é o desgaste do militar com os moradores da comunidade desde o sumiço do ajudante de pedreiro Amarildo de Souza.

Beltrame ainda não havia tomado a decisão por receio de que a medida significasse um julgamento precipitado da unidade da Rocinha, que é acusada pelos moradores de ser responsável pelo desaparecimento de Amarildo.

No lugar de Santos deve ser colocada a major Priscilla Azevedo, que é tida como adequada para restabelecer o diálogo com a comunidade.

A substituição deve ser efetivada, segundo o jornal Folha de S. Paulo, quando o coronel Frederico Caldas informar o major Santos de seu afastamento.

Amarildo foi visto pela última vez na noite do dia 14 de julho, quando foi levado para a unidade da UPP da Rocinha, em uma viatura da corporação. A reconstituição deste trajeto será feita na próxima semana.

Com informações da Folha de S. Paulo

Veja também:  Depois de culpar defensores dos direitos humanos por mortes, Witzel nega escolta a David Miranda

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum