Princesa de Dubai diz que está sendo mantida como refém em mansão desde 2018

A filha do primeiro-ministro dos Emirados Árabes, de acordo com reportagem da BBC, estaria trancada dentro de uma mansão desde quando foi detida ao tentar fugir do seu país

A emissora de televisão britânica BBB divulgou nesta quarta-feira (17) um vídeo onde aparece a filha do primeiro-ministro dos Emirados Árabes, Sheika Latifa bint Mohammed Al Maktoum, diz que está vivendo como refém desde 2018.

“Eu sou uma refém. Essa mansão foi transformada em uma prisão. Todas as janelas estão trancadas, eu não consigo abrir nenhuma”, diz Latifa no vídeo divulgado pela BBC.

Sheika Latina ganhou o noticiário do mundo em 2018, quando tentou fugir de seu país em um iate. A filha do bilionário Sheik Mohammed bin Rashid al Maktoum acabou sendo presa na costa da Índia e levada de volta ao seu país de origem.

No vídeo divulgado pela TV inglesa, Latifa denuncia que, desde então tem sido mantida em confinamento solitário. “Todos os dias eu me preocupo com a minha segurança e a polícia me ameaça dizendo que eu nunca verei o sol de novo. Eu não estou segura aqui”, disse.

Para assistir o vídeo na íntegra, clique aqui.

Avatar de Marcelo Hailer

Marcelo Hailer

Jornalista (USJ), mestre em Comunicação e Semiótica (PUC-SP) e doutor em Ciências Socais (PUC-SP). Professor convidado do Cogeae/PUC e pesquisador do Núcleo Inanna de Pesquisas sobre Sexualidades, Feminismos, Gêneros e Diferenças (NIP-PUC-SP). É autor do livro “A construção da heternormatividade em personagens gays na televenovela” (Novas Edições Acadêmicas) e um dos autores de “O rosa, o azul e as mil cores do arco-íris: Gêneros, corpos e sexualidades na formação docente” (AnnaBlume).

Em 2021, escolha a Fórum.

Fazer jornalismo comprometido com os direitos humanos e uma perspectiva de justiça social exige apoio dos leitores. Porque se depender do mercado e da publicidade oficial de governos liberais esses projetos serão eliminados. Eles têm lado e sabem muito bem quem devem apoiar.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR