O que o brasileiro pensa?
22 de março de 2016, 16h51

Reitora da PUC-SP manda ofício a Alckmin em repúdio à violência da PM contra alunos

Pela manhã, o secretário de Segurança Pública, Alexandre de Moraes, defendeu a ação dizendo que “não houve feridos”, informação negada pelo ambulatório da universidade, que atendeu alunos feridos e encaminhou um deles para um pronto-socorro da região

Da Redação

A reitora da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Anna Maria Marques Cintra, enviou um ofício, nesta terça-feira (22/03), ao governador d São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), para manifestar “o descontentamento com as ações da Polícia Militar frente às manifestações no último dia 21 de março em nossa Universidade em que alunos foram vítimas de bomba, tiros de borracha e gás lacrimogênio”.

Em sua carta, Anna Maria lamenta o ocorrido e enfatiza ser contra qualquer ato de violência. O texto foi enviado também ao secretário de Segurança Pública do Estado, Alexandre de Moraes. Ele havia defendido a atuação dos policiais em entrevistas nesta manhã.

Segundo o secretário, para dispersar os manifestantes favoráveis à continuidade do governo, que tentavam atrapalhar o ato do grupo favorável ao impeachment, a Polícia Militar usou bombas de gás lacrimogêneo, balas de borracha e spray de pimenta. O secretário negou que houvesse diferenciação no tratamento dado aos manifestantes.

A informação de Moraes já havia sido desmentida pela PUC-SP. Segundo a instituição, várias pessoas foram atendidas no ambulatório da universidade com intoxicação, devido ao gás. Um estudante foi atingido na cabeça por uma bala de borracha e encaminhado a um pronto-socorro.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum